Quarta-feira, 30 de Abril de 2008

Agradecimento de Uma Mãe Feliz

 

Antes de ser mãe eu fazia e comia os alimentos ainda quentes.
Eu não tinha roupas manchadas.
Eu tinha calmas conversas ao telefone.

Antes de ser mãe eu dormia o quanto eu queria e nunca me preocupava com a hora de ir para a cama. Eu não me esquecia de escovar os cabelos e os dentes.

Antes de ser mãe eu limpava minha casa todos os dias.
Eu não tropeçava em brinquedos nem pensava em canções de embalar.

Antes de ser mãe eu não me preocupava se minhas plantas eram venenosas ou não. Imunizações e vacinas eram coisas em que eu não pensava.
Antes de ser mãe ninguém vomitou nem fez xixi em cima de mim, nem me beliscou sem nenhum cuidado, com dedinhos de unhas finas.

Antes de ser mãe eu tinha controle sobre a minha mente, meus pensamentos, meu corpo e meus sentimentos. ... eu dormia a noite toda ... Antes de ser mãe eu nunca tive que segurar uma criança a chorar para que médicos pudessem fazer testes ou aplicar injecções.

Eu nunca chorei olhando pequeninos olhos que choravam.
Eu nunca fiquei gloriosamente feliz com uma simples risadinha.
Eu nunca fiquei sentada horas e horas a olhar para um bebe a dormir.

Antes de ser mãe eu nunca segurei uma criança só por não querer afastar meu corpo do dela. Eu nunca senti meu coração se despedaçar quando não pude estancar uma dor.

Eu nunca imaginei que uma coisinha tão pequenina pudesse mudar tanto a minha vida. Eu nunca imaginei que pudesse amar alguém tanto assim.
Eu não sabia que eu adoraria ser mãe.

Antes de ser mãe eu não conhecia a sensação de ter meu coração fora do meu próprio corpo.
Eu não conhecia a felicidade de alimentar um bebe faminto.
Eu não conhecia esse laço que existe entre a mãe e a sua criança.

Eu não imaginava que algo tão pequenino pudesse fazer-me sentir tão importante. Antes de ser mãe eu nunca me levantei à noite a cada 10 minutos para me certificar de que tudo estava bem.

Nunca pude imaginar o calor, a alegria, o amor, a dor e a satisfação de ser uma mãe. Eu não sabia que era capaz de ter sentimentos tão fortes.

Por tudo e, apesar de tudo, obrigada, Deus, por eu ser agora um alguém tão frágil e tão forte ao mesmo tempo.

Obrigada Deus por permitir-me ser Mãe!

publicado por bebedelicia às 14:32
link do post | comentar | favorito
10 comentários:
De me a 30 de Abril de 2008 às 16:03
Lindo
Gostei muito! é impossível não me identificar com estas palavras.
Bjokas
De bebedelicia a 30 de Abril de 2008 às 16:40
Apesar de não ser da minha autoria, também me identifiquei com ele.
Beijinhos
De mil sorrisos a 30 de Abril de 2008 às 23:04
Realmente, é um belo retrato com o qual todas nós nos identificamos. É tão bom, não é??
Beijos e Mil Sorrisos
:o))))))))))))
De bebedelicia a 5 de Maio de 2008 às 13:53
Muito bom. Não há nada igual a este amor.
Beijinhos
De Mamã Gansa a 1 de Maio de 2008 às 08:30
Lindo.adicionei aos favoritos.
De bebedelicia a 5 de Maio de 2008 às 13:56
Também achei e ainda bem que gostaram.
Beijinhos
De samueldabo a 1 de Maio de 2008 às 10:53
Bom dia, Bebedelicia .
Quando uma mãe se identifica com um texto desta dimensão, merece o meu carinho e admiração.
O amor de mãe não se cultiva, não se alimenta, ele é em si mesmo fogo que se mantém avivado até ao fim.
Beijinhos de amigo
De bebedelicia a 5 de Maio de 2008 às 13:55
Obrigada pelas lindas palavras. É impossível descrever o tamanho do amor que se sente por um filho. Não há palavras que cheguem.
Beijinhos
De Paula a 6 de Maio de 2008 às 15:13
A vida muda completamente! Tanta coisa nova...perdemos um pouco de nós...mas ganhamos tanto que esquecemos o que perdemos!
Um beijo para todas as mães! Somos umas heroínas!
De ASBM a 23 de Julho de 2010 às 18:27
gostei tanto que acho que isto vai deixar mesmo a minha mãe feliz

Comentar post

.mais sobre mim

.links

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Conversas

. De volta...(?)

. Primeira Paixoneta!!

. Pesadelos que vem por bem

. Conversa emocionante...

. Passeio escolar II

. Passeio escolar

. Telefone

. Regresso...

. O meu bébé cresceu...

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.subscrever feeds