Sexta-feira, 16 de Novembro de 2007

Regresso ao passado

      Foi num dia quente (quentíssimo) de verão. O médico mandou-me estar no hospital no dia 7 de Agosto pelas 9h da manhã para fazer nova ecografia a ver se já tinhas dado a volta, se não iria fazer uma cesariana nesse mesmo dia pois completava 38 semanas de gravidez e não podíamos correr o risco de quereres nascer de parto normal.

      Quando o médico fez a ecografia disse-me logo "Vai ser hoje o grande dia!" Apesar de saber que isso poderia acontecer fiquei assustada, feliz, ansiosa enfim uma mistura de sentimentos. Fui encaminhada para um quarto a aguardar vaga no bloco. As horas foram passando e nunca mais me vinham buscar. Estava en jejum desde a meia noite do dia anterior (a pedido do médico no caso de terem que fazer a cesariana) e com uma fome de lobo. Finalmente às 18h vieram-me buscar para o BO e a minha ansiedade aumentou. Ainda assim tive que esperar cerca de 1h até entrar. Quando por fim entrei era uma confusão de enfermeiros, médicos e auxiliares (suponho eu), não sei quantas pessoas ao certo estavam lá dentro mas também não estava minimamente preocupada com isso, o que eu queria era que tudo corresse bem e ter-te nos meus braços sã e salva.

      "19h43". Ao mesmo tempo que oiço o enfermeiro a dizer a hora oiço um choro de bébé mas tão depressa ouvi como deixei de ouvir. Assustei-me mas estava tudo bem simplesmente não foste chorona. Comecei a ficar muito enjoada (de tanto me abanarem) e de repente vi-te. Tinhas os olhos muito abertos, carinha assustada e sem chorar. Trouxeram-te para o pé de mim para te poder ver e foi quando te dei o primeiro beijo e chorei. chorei que nem uma madalena de tanta felicidade e alívio por saber que estavas bem e perfeitinha. Pesavas 3.050 Kg, medias 46.5 cm e tiveste indice de apgar 10 no primeiro minuto e 10 aos 5 minutos. Perfeito!! Embrulharam-te toda numa espécie de prata, voltaram a trazer-te ao pé de mim e foram-se embora. Levaram-te e eu fiquei ali, sozinha. De repente senti um vazio, era a primeira vez que estavas longe de mim, a primeira vez que deixei de te sentir no meu ventre. só queria sair dali e pegar-te ao colo, beijar-te, abraçar-te, olhar bem para ti e sentir o meu amor aumentar a cada piscar de olhos. Fui para o recobro e foram as 4 horas mais longas da minha vida. Só deverai ter ficado 2 horas mas como havia falta de pessoal (mês de Agosto) tive que aguardar uma infinidade de tempo que o maqueiro me pudesse vir buscar e levasse para ver o meu bébé, a minha FILHA!

      Quase meia noite, finalmente tenho-te nos meus braços e choro voltou. A emoção era mais que muita e não me conseguia controlar. Já te tinham dado um biberão e não quiseste o meu peito, o que me deixou muito triste mas de tanta insistência minha acabaste por pegar nela. Gostaste tanto que ficaste "viciada". Não querias outra coisa. Qual biberão qual chupeta, era só a maminha da mamã.

      Por mil anos que passem nunca irei esquecer o dia do teu nascimento.

      Amo-te como nunca imaginei que fosse possível amar alguém.

 

      Beijos da mamã

 

publicado por bebedelicia às 14:14
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De me a 16 de Novembro de 2007 às 15:56
Assim não vale! Venho eu aqui espreitar e pões-me a chorar!... e logo numa sexta-feira!

Acho que qualquer mãe recorda logo a(s) sua(s) experiências!

Beijinhos e bom fim-de-semana
De omeustuntriderlindo a 16 de Novembro de 2007 às 16:16
Pois é, o dia do nascimento dos nossos filhos é um dia que nunca iremos esquecer, apesar dos segundos amargos por que passamos, mas na verdade não há nada melhor do que ver os nossos "tesourinhos" nos nossos braços. Esquecemos tudo...
Mais uma lembrança que me fizeste ter....

Um beijão para a Carol e para ti...
Bom fim de semana!
De omeustuntriderlindo a 16 de Novembro de 2007 às 16:31
Dei mesmo muitos, podes acreditar....
Já não conseguia parar!
Mas tu também lhe deste um..........

Obrigado por tudo!

Beijocas para ti e para a minha futura "Nora"!
De omeustuntriderlindo a 16 de Novembro de 2007 às 16:45
De bebedelicia a 16 de Novembro de 2007 às 17:08
Obrigada amiga. Para ti também.
Adorei.
Beijinhos
De mamaepedro a 16 de Novembro de 2007 às 17:28
Olá!

Eu também fiz cesariana, pois o Kiko não queria nascer de parto normal, no entanto, já não é a primeira vez que leio que vão para o recobro depois da cirurgia, comigo isso não aconteceu, ao fim de me darem os pontos, fui logo para o quarto e o bébé também foi comigo. Cada um tem as suas regras, enfim...

Muitos beijinhos

Bom fim de semana

Cila
De mil sorrisos a 22 de Novembro de 2007 às 23:26
Ó nascimento da Laura foi o momento mais importante, sem dúvida. Independentemente das dores, das incertezas e dos medos... foi muito especial. O resto... tudo se esquece, tudo passa quando os abraçamos e sentimos bem pertinho de nós.
Beijos e Mil Sorrisos
:o)))))))))

Comentar post

.mais sobre mim

.links

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Conversas

. De volta...(?)

. Primeira Paixoneta!!

. Pesadelos que vem por bem

. Conversa emocionante...

. Passeio escolar II

. Passeio escolar

. Telefone

. Regresso...

. O meu bébé cresceu...

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.subscrever feeds